Incontinência Urinária

Compartilhe o Post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Incontinência urinária é a perda involuntária da urina pela uretra. É um distúrbio que acomete com mais frequência quem tem mais de 60 anos, mas pode surgir em qualquer momento da vida. As mulheres são atingidas duas vez mais que os homens.
A anatomia feminina propicia com mais facilidade o surgimento desse problema, pois as estruturas musculares que dão sustentação aos órgãos pélvicos e produzem a contração da uretra são mais frágeis. Entre as causas estão infecções urinárias ou vaginais, efeitos colaterais de medicamentos, constipação intestinal, fraqueza de alguns músculos, obstrução da uretra pelo aumento da próstata, doenças que afetam a bexiga, obesidade e alguns tipos de procedimentos cirúrgicos.

A incontinência ocasionada pelo esforço físico é bem comum nos consultórios. Pode ocorrer pela fraqueza dos músculos pélvicos que dão suporte à bexiga ou lesão do esfíncter uretral. Nesta circunstância, é possível o vazamento de urina quando você faz qualquer atividade que força o abdômen como tossir, espirrar, dar risada, carregar peso ou até mesmo andar. Para aliviar a situação, os pacientes vão com muita frequência ao banheiro com o intuito de manter a bexiga sempre vazia e diminuir a chance de acidentes. Muitas evitam exercícios físicos com o mesmo objetivo. É frequente em mulheres que tiveram partos vaginais. Em homens, a incontinência de esforço é geralmente causada por cirurgias ou traumatismos da próstata e uretra.

A incontinência urinária é uma condição que afeta a qualidade de vida e compromete o bem-estar físico, emocional, psicológico e social. O problema atrapalha completamente a rotina e traz constrangimento em muitos momentos. Por isso, aos primeiros sintomas de perda de urina involuntária, é necessário buscar o especialista adequado que possa avaliar a condição do paciente e indicar o melhor tratamento.

O Estudo Urodinâmico é um dos exames utilizados para investigar as possíveis causas da incontinência urinária e costuma ser solicitado por especialistas da área quando existe dúvida diagnóstica ou falha ao tratamento proposto.

Veja outros posts